terça-feira, 14 de dezembro de 2010

Ótimo Natal e um Excelente 2011!!!

Grande Galera,

2010 vai chegando nos seus últimos dias, e a gente só tem à agradecer a Deus por esse ano maravilhoso, um ano que começou já em janeiro, maravilhoso. Realizamos nosso sonho, de tocar juntos e abrir os shows da banda que tanto nos influenciou, a legendária banda mineira 14 bis. Foram momentos mágicos, fizemos 3 shows juntos aqui no Rio de Janeiro, contando com uma apresentação memorável num dos maiores palcos do Rio, o Grande Teatro Carlos Gomes, onde o 14 Bis nos apresentou ao seu público.
Gostaríamos de desejar tudo de bom para todos vocês que nos acompanham e torcem tanto pelo sucesso da Nave... E que em 2011 possamos viajar bastante nessa Nave.
Já convido a todos do Rio e também ao pessoal de fora do Rio, para comparecerem ao Super Show da Nave, dia 5 de fevereiro, na Lona Cultural de Vista Alegre, às 21 horas...Será uma noite inesquecível, com grandes surpresas...Os ingressos antecipados já estão sendo vendidos na Lona, à 10 reais.

É isso Galera, Um Ótimo Natal, repleto de Paz e um 2011 Maravilhoso!

E a Nave vai...



domingo, 12 de dezembro de 2010

Com Sylvinho Blau Blau!!


Sylvinho também tripulando a Nave...

quarta-feira, 10 de novembro de 2010

Show no Rio de Janeiro!


Dia 27 de novembro, às 20 hrs.
Rua Macapuri, 67, Penha - (esquina com a rua quito)
Ingressos: 5 reais

quinta-feira, 4 de novembro de 2010

Sérgio Magrão presenteia Igor com um novo Contra - Baixo!

Sérgio Magrão da banda 14 Bis, fez uma grande surpresa na tarde de 04 de novembro de 2010, presenteou Igor com um Baixo novinho em folha, Top de Linha da Tagima - Millenium Imbuia... Veja a foto do presentão:

"Magrão, meu amigo, não tenho palavras para agradecer o presente, sem dúvidas um dos melhores que já recebi, são raras as pessoas que se tornam amigas de seus ídolos, posso dizer que sou um privilegiado e muito grato por tudo. Não tenho palavras para descrever minha felicidade no momento que você disse, esse baixo é seu!rs Valeu mesmo! E vamos juntos, nessa Nave e nesse eterno avião, chamado 14 Bis!" ass: Igor Sebastian

quarta-feira, 27 de outubro de 2010

Igor Sebastian participa da festa do Orfanato: Lar Luz e Amor

Igor Participou da festa do Orfanato Lar Luz e Amor, em Higieanopolis, Rio de Janeiro.






segunda-feira, 25 de outubro de 2010

Pocket Show - Cursos de Idiomas ALL

A Nave realizou um pocket show no Curso de Idiomas ALL, em comemoração ao dia das crianças, o show teve a presença não só dos baixinhos, mas também dos pais e jovens que estudam no curso, confira algumas fotos:










quinta-feira, 7 de outubro de 2010

Depoimento de Lidi Satier, sobre Igor Sebastian e a Nave!


É dificil para mim sentar ao computador para escrever sobre Igor Sebastian sem que as lágrimas me venham aos olhos.

Eu conheci Igor Sebastian menino, mas nem sei muito bem como. Via-via alguma outra pessoa na internet, um fórum sobre música, um chat entre fãs do clube da esquina. Eu comecei a bater papo com aquele carioquinha de escola de segundo grau, mixuguês fluente, mil sonhos e uma idéia na cabeça: ter uma banda. Tínhamos tudo para que não prestássemos atenção um no outro. No entanto, a essa altura havia uma coisa que a vida já me havia ensinado: dê tempo e ouvidos a meninos formadores de bandas. Minha família cansou de ver moleques tipo Renato Manfredini fazendo algazarra na rua.

Na época, eu trabalhava com algumas produções de shows em Brasília e fazia música em pequena escala; estava de malas prontas para morar na Holanda e já tinha boa experiência como jornalista. Perguntei se já tinham site e demos gravadas, ele disse que sim. Ao verificar o material da recém-formada Nave de Prata, constatei que uma banda que se preze deveria ter informações escritas de uma maneira um pouco mais acessível a pessoas que não nasceram na década de 90, e me dispus a dar uma mão nos releases. Até então, eu ainda só tinha ouvido uma ou duas gravações caseiras da Nave. A qualidade de som era sofrível; as harmonias, desencontradas. No entanto, as letras mexiam comigo de alguma forma, regatavam um pouco das minhas recém perdidas ilusões naquele então. "Esse cara vai longe com essa banda", pensei sem ver nenhuma lógica aplicada ao meu pensamento.

Até este momento, eu achava Igor um menino legal, sangue bom, sonhador, fantasiador e que queria estar no palco. Mas, a partir daqui, eu comecei a conhecer o guerreiro Igor Sebastian.

Igor me disse que, houvesse o que houvesse, iria gravar um CD. Não é preciso trabalhar diretamente no ramo da indústria da música para se ter uma idéia das dificuldades de se gravar; todos sabemos que, hoje em dia, a maior parte da produção de novos artistas é independente. Igor não tem pai cantor nem mãe atriz: como ele faria? Pensei um 'Deus ajude que dê certo', sem muita esperanças de, algum dia, ouvir qualquer coisa positiva resultante desta impreitada.

Eu não sei, ainda hoje, como é que ele fez. Só sei que ele correu atrás, perdeu a timidez e conheceu pessoas; bateu a portas, encantou muita gente e congregou uma multidão de apoiadores em volta de seu ideal. Teve dificuldades e nunca se entregou, pelo contrário: jamais deixou de sorrir, de esperar por sua vez, de procurar seu lugar, de produzir. E lá foi o meu amigo mais jovem gravar o cd de sua banda em Ipanema, no studio do ultimate multi-media Ralph Canetti. E lá foi ele começar a trabalhar com o (até então) desconhecido Juninho da Sanfona. E lá foram eles começar a escrever os novos rumos da música pop-rock brasileira, com as bençãos de Sérgio Magrão, Vermelho, Hely Rodrigues e Cláudio Venturini, formadores da banda que fez com que o menino Igor, num dia remoto de infância, tivesse o sonho de ter uma Nave que alcançasse o espaço sideral que cada um de nós traz na alma e na memória.

Mas a história não acaba aí.

Eu tive o prazer de ser uma das primeiras pessoas a ouvir o resultado final do cd A Nova Era. Estava no meu escritório no sul da Holanda, fazendo um trabalho aborrecido, que a cada dia tomava mais da minha energia e da minha alegria de viver, recusando-me a abaixar a cabeça para figurões e comprando brigas em nome da lisura (pois é, este mal é mundial). O céu cinza, o dia frio. Coloquei pra tocar o CD: "O sol amanheceu e a luz da Nova Era surgiu....". Riso e lágrimas. O sol surgira naquele instante dentro do meu peito outra vez. A música de Igor, a qualidade do trabalho, me fizeram pensar que esse sol seria possível para mim também. Que esperar a vida passar atrás de uma mesa de escritório lamentando ter abandonado a carreira na música não era a minha missão. Que as coisas vêm com muita luta, mas também com muito sonho. Que viver com pouco me faz muito mais feliz que viver com muito sem ser fiel a quem realmente sou. Que seguir o "coração sonhador" e ir na direção do sol era o que eu deveria fazer para ter paz.

Hoje, estou em fase de finalização do meu primeiro CD.

Obrigada, Igor, por ser um grande agente catalizador dessa mudança. Obrigada por não ter medo dos seus ideais, não ter vergonha dos teus sonhos. Obrigada por reinventar este planeta, por lembrar às pessoas que esse mundo de paz e de solidariedade está dentro de nós, esperando apenas que o deixemos aflorar. E obrigada por ser meu amigo na vida real também, nessas minhas passagens corridas pelo Rio de Janeiro.

"Somos bons amigos, somos quase como irmãos, existe tanta coisa entre nós". E este é apenas o começo.

Um beijo grande, todo meu carinho, respeito e admiração.

Lidi Satier

(Lidi Satier é cantora, compositora e atualmente vive e atua em Hong Kong - China.)
www.lidisatier.com

sábado, 28 de agosto de 2010

Nave participando do programa do Nivaldo Pereira

Nave aterrisando no Programa "O Icentivador" do Psicologo e Jornalista Nivaldo Pereira.
O programa foi exibido dia 22 de agosto para todo o Rio de Janeiro e quem não conferiu poderá acessar o site: http://www.nivaldopereira.com.br/programaderadio.htm e ouvir a participação da Nave.
Na foto: Felipe, Nivaldo, Igor e Heitor

sábado, 15 de maio de 2010

Igor com Renato Prieto


Encontro de Igor Sebastian com o querido amigo e incentivador da Nave,o ator e diretor Renato Prieto!

Renato Parabéns pelo seu maravilhoso trabalho na divulgação do Bem e do Amor, pode sempre contar com essa Nave pro que precisar.


Renato fará o papel de André Luiz, no filme "Nosso Lar" que será lançado em Setembro, não deixem de conferir essa megaprodução, que com certeza trará um novo olhar para o cinema brasileiro e uma nova visão do universo.


Veja o Depoimento de Renato Prieto sobre a Nave:


"Eu gosto de gente que sonha, e principalmente quando luta incansavelmente para materializar seus sonhos, e é o que eu tenho feito ao longo da minha vida, e é o que eu torço para que todos ponham em prática.
Acompanhei de perto o sonho do grupo Nave de Prata, e agora vejo com grande alegria o lançamento do CD "A Nova Era". Vou estar sempre por perto, torcendo para que o CD seja o início de uma jornada de mutio sucesso e trabalho.E de alguma forma suas letras e melodias, possam colaborar na visão de um mundo melhor. Paz Sempre!"

quinta-feira, 22 de abril de 2010

Show das bandas 14 Bis e Nave de Prata no projeto 7 em ponto - Teatro Carlos Gomes - RJ em 23/03/2010 - Mais fotos do Show 14 Bis e Nave de Prata

Mais Fotos: 14 Bis e Nave de Prata - 2010 - RJ


Foto: Chico Montalvão
Foto: Chico Montalvão
Foto: Chico Montalvão




Mais Fotos: 14 Bis e Nave de Prata - 2010/RJ

















quinta-feira, 25 de março de 2010

14 Bis e Nave de Prata encantam o público!

Show das bandas 14 Bis e Nave de Prata no projeto 7 em ponto - Teatro Carlos Gomes - RJ em 23/03/2010.




O Projeto 7 em Ponto consiste no lançamento de novos talentos por artistas e bandas consagradas da MPB. Nessa edição, a banda 14 Bis lançou, ao grande público, a banda Nave de Prata.














terça-feira, 2 de março de 2010

14 Bis e Nave de Prata!!!

Devido ao grande sucesso do último show do 14 Bis com a abertura da Nave de Prata, o Rio de Janeiro terá Bis, mais 2 shows agora em Março...
Nos dias:

20/03 Lona Cultural de Jacarepaguá, às 22:00 hrs
(Ingressos: 2482 - 4316)
23/03 No Teatro Carlos Gomes - Praça Tiradentes, Centro do Rio, às 19 hrs
(Ingressos:10 reais)


terça-feira, 23 de fevereiro de 2010

Prêmio Multishow e Mais uma Materia em Jornal

Alô Galera,

A Nave de Prata está disputando o Prêmio Multishow 2010, precisamos muito do seu voto, basta apenas acessar esse link e votar quantas vezes quiser em Revelação: Banda Nave de Prata:

htpp://multishow.globo.com/premio-multishow/vote/

Contamos com seu Voto!


E mais uma vez a Nave sai como destaque no Jornal, dessa vez o do bairro de Jacarepaguá, após show com a banda 14 Bis na Lona Cultural do Bairro. Vejam o destaque junto ao show do 14 Bis.






quarta-feira, 10 de fevereiro de 2010

Igor e Tuca com Fernando Bicudo


Igor e Tuca foram recebidos pelo Ator e Diretor Fernando Bicudo, em seu espaço na Fundição Progresso no RJ. Bicudo é um dos grandes ícones da cultura nacional e foi diretor de uma das maiores expressões de arte do Brasil, o Teatro Municipal do RJ.

O bate papo foi maravilhoso e com certeza coisas boas virão por ai!

sábado, 6 de fevereiro de 2010

Recriar - Igor Sebastian

Poesia feita por Igor Sebastian.
Naveguem e mudem a direção, saindo do medo, das tempestades e embarcando em um novo tempo, em um novo mundo que está ai vivo dentro de você!
A Única Revolução Verdadeira é o Amor!

video

terça-feira, 26 de janeiro de 2010

Reportagem: Jornal O Povo do Rio

Máteria que saiu no dia 08/02/2010 - Jornal O Povo do Rio


Grande Galera,
Hoje demos um entrevista na sede do Jornal O Povo do Rio, que estará nas bancas semana que vem...
Foi muito bacana a recepção conosco, Gostaríamos de agradecer a toda produção do Jornal e em especial a Gabriela Costa.

domingo, 24 de janeiro de 2010

2010 Começa Execelente - 14 Bis e Nave de Prata

14 Bis e Nave de Prata juntos em uma noite especial.


A noite de 15 de Janeiro de 2010 já é inesquecível. Era por volta das 21 horas e 30 minutos quando o público presente na Lona Cultural de Jacarepaguá ouviu a chamada ao palco da Banda Nave de Prata. Os mesmos holofotes de luz que trariam à vista os mineiros do 14 Bis foram direcionados para os jovens músicos. Um sonho estaria sendo, de fato, realizado naquele momento: a Nave faria a abertura daqueles que, desde o início, influenciaram sua trajetória. O carinho caloroso do público, que vibrou ao som da banda, mostrou que os garotos estão no caminho certo. Terminada a abertura, sobe ao palco a legendária banda 14 Bis, com sua boa e velha “canção rock’n roll”. Os muitos sucessos foram cantados por todo o público, inclusive pelos integrantes da Nave que, naquele momento, assistiam ao show como fãs na platéia.
Já no final do show quando o público pedia “mais um”, vem a grande surpresa: a banda mineira volta ao seu posto e Sérgio Magrão (Baixista e Vocal do 14 Bis) convida os meninos da Nave de Prata para subirem ao palco. Foi uma loucura só... A Lona de Jacarepaguá no Rio de Janeiro veio abaixo. A música não poderia ser outra: Linda Juventude, um dos maiores clássicos da banda... Foi emoção do inicio ao fim. Era visível a alegria e a energia que vinha dos integrantes da Nave e do 14, e tudo isso em perfeita harmonia. Num encontro real de duas gerações, o delírio foi total e o público vivenciou intensamente cada parte da canção.
Sem dúvida, quem estava presente viu um momento único e mágico. Foi marcante para a história da recente “Nave de Prata” e também para famosa e eterna banda 14 Bis, que acompanha o projeto da Nave desde seu início.O que vimos naquela noite foi uma verdadeira lição de “recriar o paraíso agora para merecer quem vem depois...”
Veja o Video:

http://www.youtube.com/watch?v=3TtRhoq0Fqc





Nave de Prata marca presença em show da Blitz


Na Foto: Igor Sebastian, Sérgio Magrão, Evandro Mesquita, Mônica Kartnaller e Ralph Canetti.

Nave marca presença através do vocalista e baixista Igor Sebastian, no show do lançamento do novo CD da Blitz e gravação de DVD.
Igor que assistiu ao show ao lado de Sérgio Magrão da banda 14 Bis e do produtor musical Ralph Canetti, que assina junto com Evandro Mesquita, a faixa O Segredo do CD da Nave.
Foi uma noite belíssima, um show super empolgante. O Show aconteceu no dia 12/11/2009e o palco foi o Vivo Rio, no Aterro do Flamengo.

Bastidores da gravação do 1° CD - Ipanema RJ - Com Sergio Magrão do 14 Bis e Ralph Canetti





Nave em Estudio com a Partipação Especial de Sérgio Magrão na Faixa "A Tempestade" ,que contou ainda com os riffs e solos de Claudio Venturini, ambos do 14 Bis.

Materia: A Luz da Nova Era Surgiu...


Foto Chico Montalvão - Visite a página: www.maxisite.net/arteeimagem
A Luz da nova era surgiu: Nave de Prata lança seu primeiro CD
Sucesso na Internet, banda carioca Nave de Prata se lança no mercado nacional com o álbum A Nova Era

Despontando na cena carioca desde 2005, a banda Nave de Prata acaba de lançar seu primeiro CD. Gravado inteiramente no Rio de Janeiro, ‘A Nova Era’ traz doze faixas autorais, participações especiais de artistas veteranos e uma promessa de novos ares para a música popular brasileira. O disco conta com a produção e co-produção de duas feras de peso: Ralph Canetti (Hawph Song’s Studio) e Sérgio Magrão, compositor, cantor e baixista da banda 14 Bis.

As doze faixas apresentam uma gama variada de ritmos e temas. O CD abre com Nossa Voz, carro-chefe do disco: “Essa é a música-tema da banda, que diz exatamente ao que viemos”, explica Igor Sebastian, baixista da Nave; “é uma canção que fala sobre o propósito dessa banda, que é fazer as pessoas olharem o mundo de uma forma mais esperançosa, de verem um novo dia, uma nova era”. Em seguida vem um rock suave com toques ceutas, que nos remete à sede por liberdade: Viajante Solitário, composição de Sebastian com o talentoso tecladista Tuca Oliveira. Já a empolgante O Segredo se revela como uma das grandes surpresas do disco. A pegada pop-oitentista da faixa é de resposabilidade do eterno guitarrista e vocalista da icônica Blitz, Evandro Mesquita (em parceria com Canetti).

Mas não foi apenas na composição de músicas e na produção do disco que personalidades consagradas do mundo do rock e do pop brasileiro marcaram presença. O rock-pop-folk A Tempestade traz duas presenças de peso: os vocais suaves e precisos de Sérgio Magrão e toda a agilidade dos riffs inconfundíveis de outro membro da banda 14 Bis, o guitarrista Cláudio Venturini.

A Nave de Prata, aliás, faz questão de deixar claro no CD a influência musical da banda mineira 14 Bis. Faixas como Nave de Prata II, Quero Ter De Volta e Nova Direção nos remetem a um 14 Bis de começo de carreira, ao falar das preocupações com o planeta terra, com o amor perdido e com a sede de estrada. Essa similaridade nos temas, apesar de evidente, não representa de forma alguma uma cópia de fórmula. A originalidade de cada uma dessas canções não deixa dúvidas de que a banda mineira é uma inspiração para a Nave, mas não um modelo. Prova disso é a faixa Coisas Naturais, de cunho muito bem humorado e rítmico, que transita competentemente entre o ska e maracatu.

Outro destaque do CD é Brasil, Terra da Esperança: “A Nave queria falar do Brasil, das maravilhas dessa terra, mas sem uma visão política das coisas. Queríamos fazer com que as pessoas lembrassem de que esse país abençoado é responsabilidade de cada um”, reforça Igor. A intenção parece bem sucedida: “Não há um show em que as pessoas não chorem ao ouvir essa música”, complementa.

Nave de Prata – A Nova Era é um álbum de ontem, hoje e amanhã. Lembra em vários momentos o lirismo do rock mineiro, o escracho do pop-80, a melancolia rural dos anos 70. Isso tudo com uma roupagem fresca, fluida, que prima pela qualidade musical. Sem dúvida é um disco contemporâneo, que se inspira no passado e firma os olhos no futuro. Com grande qualidade técnica, belas composições e muita responsabilidade musical, A Nova Era é um vento novo no rock-pop brasileiro. É um disco feito por sonhadores jovens para sonhadores de todas as idades.


Serviço:
CD Nave de Prata – A Nova Era
à venda em: www.navedeprata.com